JOHANNESBURGO: Na África do Sul, de cada dez profissionais da bandeja, sete são Zimbabuanos. Os outros três, muitas vezes, também são mais fingem que não, pois vivem ilegais no país. Todos vêm fugidos da pobreza que dizima o Zimbábue, onde a inflação é de 9.000.000%, a taxa de desemprego chega a 88% e a mortalidade infantil, a 102 óbitos por mil nascidos. Leia mais>>

Fonte: Globo.com

Porque estes imigrantes vagabundos não param de levar a AIDS e o preconceito para este povo da África? É tanto racismo, tanto preconceito, que chega a ser desesperador! Aí morrem aos montes, outros ficam desabrigados… Parece brincadeira meu amigo!

Deixe o seu comentário sobre este tipo de preconceito.

Anúncios